LÍTIO CLORIDRATO DE PAROXETINA

Atualizado em 28/05/2016
Estudos em pacientes deprimidos estabilizados com lítio não demonstram nenhuma interação farmacocinética entre cloridrato de paroxetina e lítio. No entanto, uma vez que a experiência é limitada, a administração concomitante de cloridrato de paroxetina e lítio deve ser feita com cautela e os níveis de lítio devem ser monitorados.
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Tem alguma dúvida sobre LÍTIO CLORIDRATO DE PAROXETINA?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.