ADVERTÊNCIAS E PRECAUÇÕES SINOT CLAV

Atualizado em 28/05/2016

:

Antes de iniciar o tratamento com Sinot Clav (amoxicilina + clavulanato de potássio) uma pesquisa cuidadosa deve ser feita com relação a reações prévias de hipersensibilidade às penicilinas, cefalosporinas ou a outros alérgenos1.

Alterações nos testes de função hepática2 foram observadas em alguns pacientes recebendo amoxicilina + clavulanato de potássio.

A significância clínica destas alterações é incerta, mas Sinot Clav (amoxicilina + clavulanato de potássio) deve ser usado com cautela em pacientes com evidências de disfunção hepática2.

Icterícia3 colestática, que pode ser grave, mas geralmente reversível, foi relatada raramente. Os sinais4 e sintomas5 podem não ser aparentes por várias semanas após o tratamento ter sido descontinuado.

Em pacientes com insuficiência renal6 moderada ou grave, Sinot Clav (amoxicilina + clavulanato de potássio) não é recomendado.

Reações de hipersensibilidade (anafilactoides) sérias e ocasionalmente fatais foram relatadas em pacientes recebendo tratamento com penicilina. Estas reações são mais prováveis de ocorrer em indivíduos com história de hipersensibilidade a penicilina.

Rashes eritematosos7 foram associados à febre8 glandular em pacientes recebendo amoxicilina.

O uso prolongado pode ocasionalmente resultar em crescimento excessivo de microrganismos não-susceptíveis.


GRAVIDEZ9 E LACTAÇÃO10


Uso na gravidez9

Estudos de reprodução11 em animais (camundongos e ratos), com amoxicilina + clavulanato de potássio administrado por via oral e parenteral, não demonstraram quaisquer efeitos teratogênicos12.

Em um único estudo em mulheres com parto prematuro, ruptura prematura da bolsa amniótica13, foi relatado que o uso profilático de Sinot Clav (amoxicilina + clavulanato de potássio) pode estar associado a um risco aumentado do recém­ nato apresentar enterocolite necrotizante. Assim como com todos os medicamentos, o uso de Sinot Clav (amoxicilina + clavulanato de potássio) deve ser evitado na gravidez9, especialmente durante o primeiro trimestre, a menos que seja considerado essencial pelo médico.


Uso na Lactação10

Sinot Clav (amoxicilina + clavulanato de potássio) pode ser administrado durante o período de lactação10. Com exceção do risco de sensibilização, associado à excreção de pequenas quantidades pelo leite materno, não há efeitos nocivos conhecidos para o bebê lactente14.


Efeitos sobre a capacidade de dirigir e operar máquinas

Os efeitos adversos sobre a capacidade de dirigir e operar máquinas não foram observados.


- INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS

O uso concomitante de probenecida não é recomendado. A probenecida diminui a secreção tubular renal15 da amoxicilina. O uso concomitante com Sinot Clav (amoxicilina + clavulanato de potássio) pode resultar em um aumento e prolongamento dos níveis de amoxicilina no sangue16 mas não do ácido clavulânico.

Prolongamento do tempo de sangramento e do tempo de protrombina17 foram relatados em alguns pacientes que estavam recebendo amoxicilina + clavulanato de potássio. Sinot Clav (amoxicilina + clavulanato de potássio) deve ser usado com cautela em pacientes sob tratamento com anticoagulantes18. Tal como ocorre com outros antibióticos de amplo espectro, Sinot Clav (amoxicilina + clavulanato de potássio) pode reduzir a eficácia dos contraceptivos orais e as pacientes devem ser adequadamente advertidas.

O uso concomitante de alopurinol durante o tratamento com amoxicilina pode aumentar a probabilidade de reações alérgicas da pele19. Não há dados sobre o uso concomitante de Sinot Clav (amoxicilina + clavulanato de potássio) e alopurinol.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Alérgenos: Substância capaz de provocar reação alérgica em certos indivíduos.
2 Hepática: Relativa a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.
3 Icterícia: Coloração amarelada da pele e mucosas devido a uma acumulação de bilirrubina no organismo. Existem dois tipos de icterícia que têm etiologias e sintomas distintos: icterícia por acumulação de bilirrubina conjugada ou direta e icterícia por acumulação de bilirrubina não conjugada ou indireta.
4 Sinais: São alterações percebidas ou medidas por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida.
5 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
6 Insuficiência renal: Condição crônica na qual o corpo retém líquido e excretas pois os rins não são mais capazes de trabalhar apropriadamente. Uma pessoa com insuficiência renal necessita de diálise ou transplante renal.
7 Eritematosos: Relativos a ou próprios de eritema. Que apresentam eritema. Eritema é uma vermelhidão da pele, devido à vasodilatação dos capilares cutâneos.
8 Febre: É a elevação da temperatura do corpo acima dos valores normais para o indivíduo. São aceitos como valores de referência indicativos de febre: temperatura axilar ou oral acima de 37,5°C e temperatura retal acima de 38°C. A febre é uma reação do corpo contra patógenos.
9 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
10 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
11 Reprodução: 1. Função pela qual se perpetua a espécie dos seres vivos. 2. Ato ou efeito de reproduzir (-se). 3. Imitação de quadro, fotografia, gravura, etc.
12 Teratogênicos: Agente teratogênico ou teratógeno é tudo aquilo capaz de produzir dano ao embrião ou feto durante a gravidez. Estes danos podem se refletir como perda da gestação, malformações ou alterações funcionais ou ainda distúrbios neurocomportamentais, como retardo mental.
13 Bolsa amniótica: Bolsa amniótica ou âmnio é um dos anexos embrionários que alguns vertebrados (répteis, aves e mamíferos) possuem durante o seu desenvolvimento embrionário. Também conhecida como saco amniótico, é onde o feto se desenvolve no líquido amniótico.
14 Bebê Lactente: Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
15 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.
16 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
17 Protrombina: Proteína plasmática inativa, é a precursora da trombina e essencial para a coagulação sanguínea.
18 Anticoagulantes: Substâncias ou medicamentos que evitam a coagulação, especialmente do sangue.
19 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.

Tem alguma dúvida sobre ADVERTÊNCIAS E PRECAUÇÕES SINOT CLAV?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.