POSOLOGIA E MODO DE USAR CLO

Atualizado em 28/05/2016
A hipocalemia1 deve ser tratada antes do início do tratamento com CLO® (vide "Advertências e Precauções").
A posologia e o modo de administração devem ser determinados individualmente e adaptados de acordo com a condição clínica de cada paciente. Em princípio, deverá ser utilizada a menor dose eficaz devendo a dose ser aumentada com cautela.
Como precaução contra possível prolongamento QTc e toxicidade2 serotonérgica, recomenda-se a adesão às doses recomendadas de CLO® e qualquer aumento na dose deve ser feito com precaução caso drogas que prolongam o intervalo QT ou outros agentes serotonérgicos sejam coadministrados (vide ''Advertências e Precauções e Interações medicamentosas"). ·
Depressão, síndrome3 obsessivo-compulsiva e fobias4:
Iniciar o tratamento com 1 comprimido revestido de 25 mg, 2 a 3 vezes ao dia, ou 1 comprimido revestido de liberação lenta de 75 mg uma vez ao dia (preferencialmente à noite). Aumentar a posologia diária gradualmente, por exemplo, 25 mg nos primeiros dias (dependendo de como o medicamento for tolerado) para 4-6 comprimido revestidos de 25 mg ou 2 comprimidos de 75 mg (comprimido revestido de liberação lenta), durante a primeira semana de tratamento. Em casos graves, a posologia poderá ser aumentada até um máximo de 250 mg por dia. Uma vez constatada melhora nítida; ajustar a posologia diária para um nível de manutenção entre 2 a4 comprimido revestidos de 25 mg ou l comprimido revestido de liberação lenta de 75 mg,
Ataques de pânico, agorafobia5:
Iniciar com 10 mg ao dia. Dependendo de como o medicamento for tolerado, a posologia poderá ser aumentada até que a resposta desejada seja obtida. A posologia diária requerida tem grande variação de paciente para paciente6 e situa-se entre 25 e 100 mg (1 a 4 comprimidos revestidos de 25 mg ou, a partir de 50 mg). Se necessário, a posologia poderá ser aumentada para 150 mg (2 comprimidos revestidos de liberação lenta de 75 mg). Recomenda-se não descontinuar o tratamento antes de decorridos 6 meses e, durante esse período, a dose de manutenção deverá ser lentamente reduzida.
Cataplexia7 acompanhando narcolepsia:
CLO® deverá ser administrado por via oral na dose diária de 25 a 75 mg.
Condições dolorosas crônicas:
A posologia deverá ser ajustada individualmente (10 - 150 mg ao dia), considerando-se que o paciente pode estar recebendo terapia com analgésicos8 concomitantemente (e a possibilidade de redução da utilização de analgésicos8).
Posologia em populações especiais
População geriátrica:

Os pacientes idosos geralmente apresentam uma resposta mais forte a CLO® que pacientes de faixas etárias intermediárias, CLO® deve ser utilizado com precaução em pacientes idosos e as doses devem ser aumentadas com cautela. Iniciar o tratamento com 10 mg ao dia. Aumentar gradualmente a posologia até uma dose ideal de 30 - 50 mg diários, o que deverá ser alcançado após cerca de 10 dias e, então, mantido até o final do tratamento.
Crianças e adolescentes:
Os adolescentes geralmente apresentam uma resposta mais forte a CLO® que pacientes de faixas etárias intermediárias. CLO® deve ser utilizado com precaução em adolescentes e as doses devem ser aumentadas com cautela
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Hipocalemia: Concentração sérica de potássio inferior a 3,5 mEq/l. Pode ocorrer por alterações na distribuição de potássio (desvio do compartimento extracelular para intracelular) ou de reduções efetivas no conteúdo corporal de potássio por uma menor ingesta ou por perda aumentada. Fraqueza muscular e arritimias cardíacas são os sinais e sintomas mais comuns, podendo haver também poliúria, polidipsia e constipação. Pode ainda ser assintomática.
2 Toxicidade: Capacidade de uma substância produzir efeitos prejudiciais ao organismo vivo.
3 Síndrome: Conjunto de sinais e sintomas que se encontram associados a uma entidade conhecida ou não.
4 Fobias: Medo exagerado, falta de tolerância, aversão.
5 Agorafobia: Estado de medo mórbido de se achar sozinho em grandes espaços abertos ou de atravessar lugares públicos. Também conhecida como cenofobia.
6 Para paciente: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Paciente disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
7 Cataplexia: Na medicina, é o mesmo que apoplexia ou perda repentina do tono muscular provocada por emoção forte, às vezes associada a um irresistível desejo de dormir. Prostração por súbito ataque de uma doença, sono hipnótico. Em veterinária, entre animais, é uma emoção forte que produz rigidez muscular. Em zoologia, aparência de morte simulada por certos animais como estratégia de defesa.
8 Analgésicos: Grupo de medicamentos usados para aliviar a dor. As drogas analgésicas incluem os antiinflamatórios não-esteróides (AINE), tais como os salicilatos, drogas narcóticas como a morfina e drogas sintéticas com propriedades narcóticas, como o tramadol.

Tem alguma dúvida sobre POSOLOGIA E MODO DE USAR CLO?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.