TOLERABILIDADE LANEXAT

Atualizado em 24/05/2016

O Lanexat® é bem tolerado mesmo quando da administração de elevadas doses de até 100 mg. Nenhuma alteração de função hepática1 ou renal2 foi observada.

Em alguns casos foram relatadas ocorrências de náusea3 e/ou vômitos4 durante o uso em anestesiologia.
Queixas foram observadas após administração rápida de Lanexat®: sensação de ansiedade, palpitação5, medo.
Os efeitos indesejáveis mencionados usualmente não necessitaram tratamento especial.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Hepática: Relativa a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.
2 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.
3 Náusea: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc.
4 Vômitos: São a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Podem ser classificados em: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
5 Palpitação: Designa a sensação de consciência do batimento do coração, que habitualmente não se sente. As palpitações são detectadas usualmente após um exercício violento, em situações de tensão ou depois de um grande susto, quando o coração bate com mais força e/ou mais rapidez que o normal.

Tem alguma dúvida sobre TOLERABILIDADE LANEXAT?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.