EM UNIDADE DE TRATAMENTO INTENSIVO LANEXAT

Atualizado em 24/05/2016

A dose inicial recomendada é de 0,3 mg IV. Se o desejado grau de consciência não é obtido em 60 segundos, doses subseqüentes de Lanexat® podem ser feitas até o paciente ficar desperto ou até a dose de 2 mg. Se a sonolência retorna, tem-se mostrado útil infusão de 0,1-0,4 mg/hora. A velocidade de infusão deve ser ajustada individualmente até o desejável nível de despertar.

Em unidade de tratamento intensivo, não se observaram sintomas1 de retirada quando o Lanexat® foi
administrado lentamente a pacientes tratados durante várias semanas com elevadas doses de benzodiazepinas.
Se ocorrem inesperados sintomas1 de hiperexcitabilidade, deve-se administrar 5 mg de diazepam ou 5 mg de
midazolam IV.

Caso uma melhora significativa no estado de consciência e na função respiratória não é obtida após doses
repetidas de Lanexat®, deve-se pensar numa etiologia2 não benzodiazepínica.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
2 Etiologia: 1. Ramo do conhecimento cujo objeto é a pesquisa e a determinação das causas e origens de um determinado fenômeno. 2. Estudo das causas das doenças.

Tem alguma dúvida sobre EM UNIDADE DE TRATAMENTO INTENSIVO LANEXAT?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.