ADVERTÊNCIAS LINATIS

Atualizado em 28/05/2016
O HÁBITO DE FUMAR AUMENTA O RISCO DE DOENÇA CARDIOVASCULAR GRAVE. MULHERES QUE UTILIZAM ANTICONCEPCIONAIS ORAIS DEVEM SER FIRMEMENTE ORIENTADAS A NÃO FUMAR.LINATIS® NÃO CONTÉM ESTRÓGENOS E, PORTANTO, ESTA BULA NÃO DISCUTE OS RISCOS À SAÚDE1 QUE TEM SIDO ASSOCIADOS AO COMPONENTE ESTROGÊNICO DOS ANTICONCEPCIONAIS COMBINADOS. A  DISCUSSÃO  DESTES RISCOS É ENCONTRADA EM INFORMAÇÕES TÉCNICAS DE ANTICONCEPCIONAIS ORAIS COMBINADOS. A RELAÇÃO ENTRE ANTICONCEPCIONAIS QUE CONTÉM PROGESTOGÊNIO PURO E SEUS RISCOS  NÃO ESTÁ COMPLETAMENTE DEFINIDA. O MÉDICO DEVE PERMANECER ALERTA ÀS MANIFESTAÇÕES INICIAIS DE QUALQUER DOENÇA GRAVE E DESCONTINUAR O ANTICONCEPCIONAL ORAL QUANDO FOR APROPRIADO.
1-GRAVIDEZ ECTÓPICA2
A INCIDÊNCIA3 DE GESTAÇÕES ECTÓPICAS4 EM USUÁRIAS DE ANTICONCEPCIONAIS ORAIS Á BASE DE PROGESTOGÊNIO PURO É DE  5 POR 1000 MULHERES POR ANO. ATÉ 10% DAS GESTAÇÕES RELATADAS NOS ESTUDOS CLÍNICOS COM USUÁRIAS DE ANTICONCEPCIONAIS CONTENDO APENAS PROGESTOGÊNIO FORAM
EXTRA - UTERINAS. EMBORA SINTOMAS5 DE GRAVIDEZ ECTÓPICA2 MEREÇAM ATENÇÃO , UM HISTÓRICO DE GRAVIDEZ ECTÓPICA2 NÃO PRECISA SER CONSIDERADO COMO UMA CONTRA - INDICAÇÃO AO USO DESTE MÉTODO ANTICONCEPCIONAL.OS PROFISSIONAIS DA SAÚDE1 DEVEM ESTAR ALERTAS QUANTO À POSSIBILIDADE DE UMA GRAVIDEZ ECTÓPICA2 EM MULHERES QUE ENGRAVIDAM, OU QUANDO QUEIXAM-SE DE DOR ABDOMINAL BAIXA EM USO DE ANTICONCEPCIONAIS ORAIS À BASE DE PROGESTOGÊNIO PURO.
2-ATRESIA6 FOLICULAR TARDIA/ CISTOS OVARIANOS.
CASO OCORRA DESENVOLVIMENTO FOLICULAR, A ATRESIA6 DO FOLÍCULO7 É OCASIONALMENTE  RETARDADA E O MESMO PODE CONTINUAR A CRESCER ALÉM DO TAMANHO QUE ALCANÇARIA EM UM CICLO NORMAL. GERALMENTE, ESTE FOLÍCULO7 AUMENTADO DESAPARECE ESPONTANEAMENTE. SÃO FREQUENTEMENTE ASSINTOMÁTICOS, SENDO QUE EM ALGUNS CASOS SÃO ASSOCIADOS À DOR ABDOMINAL LEVE. RARAMENTE ELES PODEM SOFRER TORÇÃO8 OU RUPTURA, REQUERENDO INTERVENÇÃO CIRÚRGICA.
3-SANGRAMENTO VAGINAL IRREGULAR
PADRÕES MENSTRUAIS IRREGULARES SÃO COMUNS ENTRE MULHERES QUE UTILIZAM ANTICONCEPCIONAIS ORAIS À BASE DE PROGESTOGÊNIO PURO. SE O SANGRAMENTO GENITAL É SUGESTIVO DE INFECÇÃO9, MALIGNIDADE OU OUTRAS CONDIÇÕES ANORMAIS, TAIS CAUSAS NÃO FARMACOLÓGICAS DEVEM SER PESQUISADAS. SE OCORRER AMENORRÉIA10 PROLONGADA, A POSSIBILIDADE DE GRAVIDEZ11 DEVE SER AVALIADA.
4-CARCINOMA12 DE MAMA13 E DE ORGÃOS REPRODUTIVOS
ALGUNS ESTUDOS EPIDEMIOLÓGICOS COM USUÁRIAS DE ANTICONCEPCIONAIS ORAIS TÊM RELATADO UM RISCO RELATIVO AUMENTADO DE DESENVOLVIMENTO DE CÂNCER14 DE MAMA13, PARTICULARMENTE EM UMA IDADE MAIS JOVEM, APARENTEMENTE RELACIONADO COM O TEMPO DE USO. ESTES ESTUDOS ENVOLVERAM PREDOMINANTEMENTE ANTICONCEPCIONAIS ORAIS COMBINADOS E NÃO HÁ DADOS SUFICIENTES PARA DETERMINAR SE O USO DE ANTICONCEPCIONAIS ORAIS À BASE DE PROGESTOGÊNIO PURO AUMENTA O RISCO DE FORMA SIMILAR. MULHERES COM CÂNCER14 DE MAMA13 NÃO DEVEM UTILIZAR ANTICONCEPCIONAIS PORQUE O PAPEL DOS HORMÔNIOS FEMININOS NESTE TIPO DE CANCÊR NÃO ESTÁ TOTALMENTE DETERMINADO. ALGUNS ESTUDOS SUGEREM QUE O USO DE ANTICONCEPCIONAL ORAL TEM SIDO ASSOCIADO COM UM AUMENTO DO RISCO DE NEOPLASIA15 CERVICAL INTRA - EPITELIAL EM ALGUMAS POPULAÇÕES DE MULHERES. ENTRETANTO , CONTINUA  HAVENDO CONTROVÉRSIAS  QUANTO À EXTENSÃO QUE TAIS ACHADOS POSSAM SER DEVIDO A DIFERENÇAS NO COMPORTAMENTO SEXUAL E OUTROS FATORES . NÃO HÁ DADOS SUFICIENTES PARA DETERMINAR SE O USO DE ANTICONCEPCIONAIS ORAIS À BASE DE PROGESTOGÊNIO PURO AUMENTA O RISCO DE DESENVOLVIMENTO DE NEOPLASIA15 CERVICAL INTRA-EPITELIAL.
5-NEOPLASIA15 HEPÁTICA16
ADENOMAS HEPÁTICOS BENIGNOS SÃO ASSOCIADOS COM O USO DE ANTICONCEPCIONAIS ORAIS COMBINADOS, EMBORA A INCIDÊNCIA3 DE TUMORES BENIGNOS SEJA RARA NOS ESTADOS UNIDOS. A RUPTURA DESTES ADENOMAS PODE CAUSAR MORTE ATRAVÉS DE HEMORRAGIA17 INTRA-ABDOMINAL.ESTUDOS BRITÂNICOS E DOS EUA TÊM MOSTRADO UM RISCO AUMENTADO DE DESENVOLVER CARCINOMA12 HEPATOCELULAR EM USUÁRIAS DE ANTICONCEPCIONAIS ORAIS COMBINADOS. ENTRETANTO, ESTES CÂNCERES SÃO RAROS. NÃO HÁ DADOS
SUFICIENTES PARA DETERMINAR SE OS ANTICONCEPCIONAIS  ORAIS À BASE DE PROGESTOGÊNIO PURO AUMENTAM O RISCO DE DESENVOLVER NEOPLASIA15 HEPÁTICA16. EM FUMANTES QUE USAM ANTICONCEPCIONAIS ORAIS O RISCO DE EFEITOS SECUNDÁRIOS CARDIOVASCULARES AUMENTA EM RELAÇÃO Á IDADE ( ACIMA DE 35 ANOS) E AO CONSUMO DE CIGARROS ( 15 OU MAIS POR DIA). AS MULHERES  NESTAS CONDIÇÕES DEVEM SER SEVERAMENTE ADVERTIDAS PARA NÃO FUMAREM.
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
2 Gravidez ectópica: Implantação do produto da fecundação fora da cavidade uterina (trompas, peritôneo, etc.).
3 Incidência: Medida da freqüência em que uma doença ocorre. Número de casos novos de uma doença em um certo grupo de pessoas por um certo período de tempo.
4 Ectópicas: Relativo à ectopia, ou seja, à posição anômala de um órgão.
5 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
6 Atresia: 1. Estreitamento de qualquer canal do corpo. 2. Imperfuração ou oclusão de uma abertura ou canal normal do organismo, como das vias biliares, do meato urinário, da pupila, etc.
7 Folículo: 1. Bolsa, cavidade em forma de saco. 2. Fruto simples, seco e unicarpelar, cuja deiscência se dá pela sutura que pode conter uma ou mais sementes (Ex.: fruto da magnólia).
8 Torção: 1. Ato ou efeito de torcer. 2. Na geometria diferencial, é a medida da derivada do vetor binormal em relação ao comprimento de arco. 3. Em física, é a deformação de um sólido em que os planos vizinhos, transversais a um eixo comum, sofrem, cada um deles, um deslocamento angular relativo aos outros planos. 4. Em medicina, é o mesmo que entorse. 5. Na patologia, é o movimento de rotação de um órgão sobre si mesmo. 6. Em veterinária, é a cólica de alguns animais, especialmente a do cavalo.
9 Infecção: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
10 Amenorréia: É a ausência de menstruação pelo período equivalente a 3 ciclos menstruais ou 6 meses (o que ocorrer primeiro). Para períodos inferiores, utiliza-se o termo atraso menstrual.
11 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
12 Carcinoma: Tumor maligno ou câncer, derivado do tecido epitelial.
13 Mama: Em humanos, uma das regiões pareadas na porção anterior do TÓRAX. As mamas consistem das GLÂNDULAS MAMÁRIAS, PELE, MÚSCULOS, TECIDO ADIPOSO e os TECIDOS CONJUNTIVOS.
14 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
15 Neoplasia: Termo que denomina um conjunto de doenças caracterizadas pelo crescimento anormal e em certas situações pela invasão de órgãos à distância (metástases). As neoplasias mais frequentes são as de mama, cólon, pele e pulmões.
16 Hepática: Relativa a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.
17 Hemorragia: Saída de sangue dos vasos sanguíneos ou do coração para o exterior, para o interstício ou para cavidades pré-formadas do organismo.

Tem alguma dúvida sobre ADVERTÊNCIAS LINATIS?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.