GRAVIDEZ E LACTAÇÃO HIGROTON RESERPINA

Atualizado em 28/05/2016

GravidezNenhum estudo de reprodução1 animal foi conduzido com HIGROTON RESERPINA(veja em Dados de segurança pré-clínica, dos componentes), que é contra-indicado durante a gestação pelo seguinte motivo: a reserpina e a clortalidona atravessam a barreira hematoplacentária. Quando a reserpina é administrada antes do parto, pode produzir letargia2, obstrução nasal e anorexia3 no recém-nato. A clortalidona, como outros diuréticos4, pode causar hipoperfusão placentária. Os diuréticos4 tiazídicos entram na circulação5 fetal e podem causar distúrbios eletrolíticos. Tem sido relatada trombocitopenia6 neonatal com os diuréticos4 tiazídicos.

Lactação7
Tanto a clortalidona como a reserpina passam para o leite materno. Por motivo de segurança, deve-se evitar o uso em lactantes8.
Efeitos sobre a habilidade de dirigir veículos e/ou operar máquinas
HIGROTON RESERPINA pode prejudicar as reações do paciente, principalmente no início do tratamento. Assim como para outros anti-hipertensivos, os pacientes que dirigem veículos ou operam máquinas devem ser alertados.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Reprodução: 1. Função pela qual se perpetua a espécie dos seres vivos. 2. Ato ou efeito de reproduzir (-se). 3. Imitação de quadro, fotografia, gravura, etc.
2 Letargia: Em psicopatologia, é o estado de profunda e prolongada inconsciência, semelhante ao sono profundo, do qual a pessoa pode ser despertada, mas ao qual retorna logo a seguir. Por extensão de sentido, é a incapacidade de reagir e de expressar emoções; apatia, inércia e/ou desinteresse.
3 Anorexia: Perda do apetite ou do desejo de ingerir alimentos.
4 Diuréticos: Grupo de fármacos que atuam no rim, aumentando o volume e o grau de diluição da urina. Eles depletam os níveis de água e cloreto de sódio sangüíneos. São usados no tratamento da hipertensão arterial, insuficiência renal, insuficiência cardiaca ou cirrose do fígado. Há dois tipos de diuréticos, os que atuam diretamente nos túbulos renais, modificando a sua atividade secretora e absorvente; e aqueles que modificam o conteúdo do filtrado glomerular, dificultando indiretamente a reabsorção da água e sal.
5 Circulação: 1. Ato ou efeito de circular. 2. Facilidade de se mover usando as vias de comunicação; giro, curso, trânsito. 3. Movimento do sangue, fluxo de sangue através dos vasos sanguíneos do corpo e do coração.
6 Trombocitopenia: É a redução do número de plaquetas no sangue. Contrário de trombocitose. Quando a quantidade de plaquetas no sangue é inferior a 150.000/mm³, diz-se que o indivíduo apresenta trombocitopenia (ou plaquetopenia). As pessoas com trombocitopenia apresentam tendência de sofrer hemorragias.
7 Lactação: Fenômeno fisiológico neuro-endócrino (hormonal) de produção de leite materno pela puérpera no pós-parto; independente dela estar ou não amamentando.Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
8 Lactantes: Que produzem leite; que aleitam.

Tem alguma dúvida sobre GRAVIDEZ E LACTAÇÃO HIGROTON RESERPINA?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.