TESTE DE DESFERAL

Atualizado em 24/05/2016

DESFERAL
Esse teste é baseado no princípio pelo qual  DESFERAL, em pessoas normais, não é capaz de elevar a eliminação do ferro e do alumínio acima de um determinado limite.

1. Teste de DESFERAL para acúmulo de ferro em pacientes com função renal1 normal.
500 mg de DESFERAL devem ser injetados por via intramuscular. Coletar então a urina2 durante 6 horas consecutivas e determinar a concentração de ferro. Uma excreção de 1-1,5 mg (18-27 µmol) nesse período é sugestiva de um acúmulo de de ferro; valores superiores a 1,5 mg (27 µmol) podem ser reconhecidos como patológicos. Esse teste somente produz resultados confiáveis se a função renal1 for normal.

2. Teste de infusão de DESFERAL para acúmulo de alumínio em pacientes com insuficiência renal3 terminal.
Esse teste é recomendado em pacientes com níveis séricos de alumínio que excedam a 60 ng/ml, associado a níveis séricos de ferritina acima de 100 ng/ml.
Imediatamente antes de iniciar a sessão de hemodiálise4 deve ser retirada uma amostra de sangue5 para se determinar o nível sérico basal de alumínio.
Durante os últimos 60 minutos da sessão de hemodiálise4 uma dose de 5 mg/kg é administrada em infusão intravenosa lenta (ver Instruções para uso).
No início da próxima sessão de hemodiálise4 (i.e., 44 horas após a infusão de DESFERAL acima mencionada), uma segunda amostra de sangue5 é retirada para se  determinar novamente o nível sérico de alumínio.
O teste de DESFERAL é considerado positivo se for observado um aumento adicional acima de 150 ng/ml no nível do alumínio sérico basal. Um teste negativo, entretanto, não exclui absolutamente o diagnóstico6 de acúmulo de alumínio.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.
2 Urina: Resíduo líquido produzido pela filtração renal no organismo, estocado na bexiga e expelido pelo ato de urinar.
3 Insuficiência renal: Condição crônica na qual o corpo retém líquido e excretas pois os rins não são mais capazes de trabalhar apropriadamente. Uma pessoa com insuficiência renal necessita de diálise ou transplante renal.
4 Hemodiálise: Tipo de diálise que vai promover a retirada das substâncias tóxicas, água e sais minerais do organismo através da passagem do sangue por um filtro. A hemodiálise, em geral, é realizada 3 vezes por semana, em sessões com duração média de 3 a 4 horas, com o auxílio de uma máquina, dentro de clínicas especializadas neste tratamento. Para que o sangue passe pela máquina, é necessária a colocação de um catéter ou a confecção de uma fístula, que é um procedimento realizado mais comumente nas veias do braço, para permitir que estas fiquem mais calibrosas e, desta forma, forneçam o fluxo de sangue adequado para ser filtrado.
5 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
6 Diagnóstico: Determinação de uma doença a partir dos seus sinais e sintomas.

Tem alguma dúvida sobre TESTE DE DESFERAL?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.