INFORMAÇÕES AO PACIENTE NEURONTIN

Atualizado em 28/05/2016

Neurontin® (gabapentina) é indicado como monoterapia no tratamento de crises
parciais com ou sem generalização secundária, em adultos e em crianças maiores
de 12 anos; como terapêutica1 adjuvante no tratamento de crises parciais com ou
sem generalização secundária em adultos e em crianças maiores de 12 anos;
também é indicado para o tratamento da dor neuropática2 em adultos de 18 anos ou
mais.

Neurontin® deve ser conservado em temperatura ambiente (entre 15 e 30ºC),
protegido da luz e umidade.

O prazo de validade está indicado na embalagem externa do produto. Não use
medicamento com o prazo de validade vencido, pois pode trazer prejuízos à sua
saúde3.

Informe seu médico a ocorrência de gravidez4 na vigência do tratamento ou após
seu término. Informe seu médico se está amamentando. A gabapentina é excretada
no leite ma terno e seu efeito nos lactentes5 ainda não é conhecido.

Se estiver planejando uma gravidez4 seu médico deve ser informado.

Neurontin® deve ser tomado apenas sob supervisão médica. Siga a orientação de
seu médico respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Informe o seu médico sobre qualquer medicamento, sob prescrição médica ou de
venda livre, que esteja utilizando antes do início ou durante o tratamento com
Neurontin®. Informe seu médico se você estiver tomando ou planejando tomar
bebidas álcoolicas ou consumindo drogas durante o tratamento com Neurontin®.

Este medicamento pode ser ingerido com ou sem alimentos, uma vez que os
alimentos não alteram a sua ação.

A gabapentina geralmente é bem tolerada, no entanto, informe seu médico
imediatamente sobre qualquer reação desagradável que venha a ocorrer durante o
tratamento. As reações adversas mais freqüentemente observadas foram:
sonolência, tontura6, fadiga7 (cansaço), dor de cabeça8, tremor, incoordenação dos
movimentos musculares, indigestão gástrica, nervosismo, rinite9, astenia10 (fraqueza),
nistagmo11 (oscilação rítmica do globo ocular12), diplopia13 (visão14 dupla), náusea15 e
vômito16 entre outras reações menos freqüentes que foram relatadas nos estudos
clínicos conforme pode ser observado no item "Reações Adversas".

Neurontin® não deve ser usado por pacientes com hipersensibilidade à
gabapentina ou a outros componentes do medicamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento de seu médico. Embora não haja
evidência de crises epilépticas recorrentes com a gabapentina, a suspensão
abrupta de Neurontin® pode levar a um estado de mal epiléptico. Quando o médico
julgar necessário realizar redução de dose, descontinuação ou substituição por
medicação anticonvulsivante alternativa, isto deve ser feito gradualmente durante,
no mínimo, uma semana.

Neurontin® geralmente não é considerado efetivo no tratamento de crises de
ausência.

Não se deve ultrapassar 12 horas entre as doses de Neurontin® para prevenir a
reincidência17 de convulsões.

Não dirija automóveis e não opere máquinas perigosas até que você saiba que este
medicamento não afeta suas habilidades para realizar estas atividades.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO, PODE SER
PERIGOSO PARA A SUA SAÚDE3.

PARTE III

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Terapêutica: Terapia, tratamento de doentes.
2 Neuropática: Referente à neuropatia, que é doença do sistema nervoso.
3 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
4 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
5 Lactentes: Que ou aqueles que mamam, bebês. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
6 Tontura: O indivíduo tem a sensação de desequilíbrio, de instabilidade, de pisar no vazio, de que vai cair.
7 Fadiga: 1. Sensação de enfraquecimento resultante de esforço físico. 2. Trabalho cansativo. 3. Redução gradual da resistência de um material ou da sensibilidade de um equipamento devido ao uso continuado.
8 Cabeça:
9 Rinite: Inflamação da mucosa nasal, produzida por uma infecção viral ou reação alérgica. Manifesta-se por secreção aquosa e obstrução das fossas nasais.
10 Astenia: Sensação de fraqueza, sem perda real da capacidade muscular.
11 Nistagmo: Movimento involuntário, rápido e repetitivo do globo ocular. É normal dentro de certos limites diante da mudança de direção do olhar horizontal. Porém, pode expressar doenças neurológicas ou do sistema de equilíbrio.
12 Globo ocular: O globo ocular recebe este nome por ter a forma de um globo, que por sua vez fica acondicionado dentro de uma cavidade óssea e protegido pelas pálpebras. Ele possui em seu exterior seis músculos, que são responsáveis pelos movimentos oculares, e por três camadas concêntricas aderidas entre si com a função de visão, nutrição e proteção. A camada externa (protetora) é constituída pela córnea e a esclera. A camada média (vascular) é formada pela íris, a coroide e o corpo ciliar. A camada interna (nervosa) é constituída pela retina.
13 Diplopia: Visão dupla.
14 Visão: 1. Ato ou efeito de ver. 2. Percepção do mundo exterior pelos órgãos da vista; sentido da vista. 3. Algo visto, percebido. 4. Imagem ou representação que aparece aos olhos ou ao espírito, causada por delírio, ilusão, sonho; fantasma, visagem. 5. No sentido figurado, concepção ou representação, em espírito, de situações, questões etc.; interpretação, ponto de vista. 6. Percepção de fatos futuros ou distantes, como profecia ou advertência divina.
15 Náusea: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc.
16 Vômito: É a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Pode ser classificado como: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
17 Reincidência: 1. Ato ou efeito de reincidir ou repetir. 2. Obstinação, insistência, teimosia.

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta ser enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dvidas j respondidas.