ADVERTÊNCIAS TAMOOEX

Atualizado em 28/05/2016
Distúrbios visuais, incluindo alterações na córnea1, catarata2 e retinopatia, têm sido relatados em pacientes recebendo Tamooex.Como em outras terapias hormonais adjuvantes (estrogênios e androgênios), hipercalcemia tem sido descrita em algumas pacientes com câncer3 de mama4 e metástase5 óssea, após poucas semanas do início do tratamento com Tamooex. Se a hipercalcemia ocorrer, medidas apropriadas devem ser tomadas e, caso seja severa, o uso de Tamooex deve ser interrompido.
Um pequeno número de casos de hiperplasia6 e pólipos7 endometriais têm sido relatados em associação ao tratamento com Tamooex comprimidos. Uma relação definitiva entre a terapia com Tamooex e esses casos não foi totalmente estabelecida.
Mulheres que tomam Tamooex devem relatar ao médico a ocorrência de sangramento vaginal anormal. Caso isto ocorra, suas causas devem ser prontamente investigadas.
Num estudo randomizado8 na Suécia com Tamooex como tratamento adjuvante, na dose de 40mg/dia, em um período de 2 a 5 anos, observou-se aumento na incidência9 de câncer3 uterino. Treze de 931 pacientes tratados com Tamooex versus dois de 915 do grupo de controle desenvolveram câncer3 uterino. Entretanto, um exame de mais de 12.000 pacientes apontou, dentro de outros 12 grandes estudos adjuvantes em andamento (incluindo NSABP B-14), que pacientes que receberam Tamooex em doses de 20 a 40mg/dia, por períodos de 1 a 5 anos ou mais versus controle, não apresentaram aumento da incidência9 de câncer3 de útero10.
Numa mesma triagem na Suécia, a incidência9 do segundo tumor11 primário de mama4 foi reduzida com o uso de Tamoxifeno.
Em triagem NSABP B-14, na qual pacientes foram randomizadas para receber Tamooex 20mg/dia por 5 anos versus placebo12, a incidência9 do segundo câncer3 de mama4 primário também foi reduzida.
Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Córnea: Membrana fibrosa e transparente presa à esclera, constituindo a parte anterior do olho.
2 Catarata: Opacificação das lentes dos olhos (opacificação do cristalino).
3 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
4 Mama: Em humanos, uma das regiões pareadas na porção anterior do TÓRAX. As mamas consistem das GLÂNDULAS MAMÁRIAS, PELE, MÚSCULOS, TECIDO ADIPOSO e os TECIDOS CONJUNTIVOS.
5 Metástase: Formação de tecido tumoral, localizada em um lugar distante do sítio de origem. Por exemplo, pode se formar uma metástase no cérebro originário de um câncer no pulmão. Sua gravidade depende da localização e da resposta ao tratamento instaurado.
6 Hiperplasia: Aumento do número de células de um tecido. Pode ser conseqüência de um estímulo hormonal fisiológico ou não, anomalias genéticas no tecido de origem, etc.
7 Pólipos: 1. Em patologia, é o crescimento de tecido pediculado que se desenvolve em uma membrana mucosa (por exemplo, no nariz, bexiga, reto, etc.) em resultado da hipertrofia desta membrana ou como um tumor verdadeiro. 2. Em celenterologia, forma individual, séssil, típica dos cnidários, que se caracteriza pelo corpo formado por um tubo ou cilindro, cuja extremidade oral, dotada de boca e tentáculos, é dirigida para cima, e a extremidade oposta, ou aboral, é fixa.
8 Estudo randomizado: Ensaios clínicos comparativos randomizados são considerados o melhor delineamento experimental para avaliar questões relacionadas a tratamento e prevenção. Classicamente, são definidos como experimentos médicos projetados para determinar qual de duas ou mais intervenções é a mais eficaz mediante a alocação aleatória, isto é, randomizada, dos pacientes aos diferentes grupos de estudo. Em geral, um dos grupos é considerado controle - o que algumas vezes pode ser ausência de tratamento, placebo, ou mais frequentemente, um tratamento de eficácia reconhecida. Recursos estatísticos são disponíveis para validar conclusões e maximizar a chance de identificar o melhor tratamento. Esses modelos são chamados de estudos de superioridade, cujo objetivo é determinar se um tratamento em investigação é superior ao agente comparativo.
9 Incidência: Medida da freqüência em que uma doença ocorre. Número de casos novos de uma doença em um certo grupo de pessoas por um certo período de tempo.
10 Útero: Orgão muscular oco (de paredes espessas), na pelve feminina. Constituído pelo fundo (corpo), local de IMPLANTAÇÃO DO EMBRIÃO e DESENVOLVIMENTO FETAL. Além do istmo (na extremidade perineal do fundo), encontra-se o COLO DO ÚTERO (pescoço), que se abre para a VAGINA. Além dos istmos (na extremidade abdominal superior do fundo), encontram-se as TUBAS UTERINAS.
11 Tumor: Termo que literalmente significa massa ou formação de tecido. É utilizado em geral para referir-se a uma formação neoplásica.
12 Placebo: Preparação neutra quanto a efeitos farmacológicos, ministrada em substituição a um medicamento, com a finalidade de suscitar ou controlar as reações, geralmente de natureza psicológica, que acompanham tal procedimento terapêutico.

Tem alguma dúvida sobre ADVERTÊNCIAS TAMOOEX?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.