POSOLOGIA E MODO DE USAR SINVASTATINA

Atualizado em 28/05/2016

O paciente deve iniciar uma dieta padrão redutora de colesterol1 antes de receber Sinvastatina e deve mantê-la durante o tratamento com este medicamento.Hiperlipidemia2
A dose inicial usual é de 10mg/dia, administrada em dose única à noite. Pacientes com hipercolesterolemia3 leve a moderada podem iniciar o tratamento com 5 mg de Sinvastatina. Ajustes posológicos, se necessários, devem ser feitos em intervalos maiores de 4 semanas, até o máximo de 80 mg/dia administrados em dose única, à noite.
Se os níveis de LDL4-colesterol1 forem reduzidos para menos de 75 mg/dL5 (1,94 mmol/l6), ou se os níveis de colesterol1 total plasmáticos forem reduzidos para menos de 140 mg/dL5 (3,6 mmol/l6), deve-se considerar a redução da dose de Sinvastatina.
Hipercolesterolemia3 familiar homozigótica7
A posologia recomendada para pacientes8 com hipercolesterolemia3 familiar homozigótica7 é de 40 mg/dia à noite, ou 80 mg/dia divididos em 3 doses de 20 mg, 20 mg e uma dose noturna de 40 mg. Nestes pacientes, Sinvastatina deve ser usada como adjunta a outros tratamentos hipolipemiantes (por exemplo, aferese de LDL4) ou quando tais tratamentos não forem disponíveis.

Doença coronariana9
Pacientes com doença coronariana9 podem ser tratados com uma dose incial de 20 mg/dia administrada em dose única à noite. Ajustes de posologia, se necessários, devem ser realizados conforme orientação descrita anteriormente (Veja Posologia e Administração, Hiperlipidemia2).

Terapia Concomitante
Sinvastatina é eficaz isoladamente ou em combinação com os sequestrantes de ácidos biliares.
Em pacientes recebendo ciclosporina, fibratos ou niacina concomitantemente com Sinvastatina, a posologia máxima recomendada é de 10mg/dia (veja PRECAUÇÕES, Efeitos Musculares).

Posologia na Insuficiência Renal10
Como Sinvastatina não é significativamente excretada pelos rins11, modificações posológicas não devem ser necessárias em pacientes com insuficiência renal10 moderada.

Em pacientes com insuficiência renal10 grave (clearance de creatinina12 < 30 mL/min), deve-se avaliar cuidadosamente, a utilização de doses acima de 10mg/dia e, quando necessária, esta deve ser implementada com cautela.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Colesterol: Tipo de gordura produzida pelo fígado e encontrada no sangue, músculos, fígado e outros tecidos. O colesterol é usado pelo corpo para a produção de hormônios esteróides (testosterona, estrógeno, cortisol e progesterona). O excesso de colesterol pode causar depósito de gordura nos vasos sangüíneos. Seus componentes são: HDL-Colesterol: tem efeito protetor para as artérias, é considerado o bom colesterol. LDL-Colesterol: relacionado às doenças cardiovasculares, é o mau colesterol. VLDL-Colesterol: representa os triglicérides (um quinto destes).
2 Hiperlipidemia: Condição em que os níveis de gorduras e colesterol estão mais altos que o normal.
3 Hipercolesterolemia: Aumento dos níveis de colesterol do sangue. Está associada a uma maior predisposição ao desenvolvimento de aterosclerose.
4 LDL: Lipoproteína de baixa densidade, encarregada de transportar colesterol através do sangue. Devido à sua tendência em depositar o colesterol nas paredes arteriais e a produzir aterosclerose, tem sido denominada “mau colesterol“.
5 Mg/dL: Miligramas por decilitro, unidade de medida que mostra a concentração de uma substância em uma quantidade específica de fluido.
6 Mmol/L: Milimols por litro, unidade de medida que mostra a concentração de uma substância em uma quantidade específica de fluido.
7 Homozigótica: Referente a homozigoto. Homozigoto é quando os alelos de um ou mais genes são idênticos. Alelos são genes que ocupam os mesmos loci (locais) nos cromossomos.
8 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
9 Doença coronariana: Doença do coração causada por estreitamento das artérias que fornecem sangue ao coração. Se o fluxo é cortado, o resultado é um ataque cardíaco.
10 Insuficiência renal: Condição crônica na qual o corpo retém líquido e excretas pois os rins não são mais capazes de trabalhar apropriadamente. Uma pessoa com insuficiência renal necessita de diálise ou transplante renal.
11 Rins: Órgãos em forma de feijão que filtram o sangue e formam a urina. Os rins são localizados na região posterior do abdômen, um de cada lado da coluna vertebral.
12 Creatinina: Produto residual das proteínas da dieta e dos músculos do corpo. É excretada do organismo pelos rins. Uma vez que as doenças renais progridem, o nível de creatinina aumenta no sangue.

Tem alguma dúvida sobre POSOLOGIA E MODO DE USAR SINVASTATINA?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.