QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO HUMALOG MIX25

Atualizado em 28/05/2016

CONTRA-INDICAÇÕES

Humalog Mix25 não é indicado nos casos de hipoglicemia1 (baixa taxa de glicose2 no sangue3) e em pacientes alérgicos à insulina lispro4 ou a qualquer componente da fórmula.

ADVERTÊNCIAS

Pacientes recebendo Humalog Mix25 poderão requerer mudança da dose em relação às doses de outras insulinas usadas anteriormente.

Qualquer mudança de insulina5 deve ser feita com cuidado e somente sob supervisão médica. - Alterações na concentração, tipo (regular, NPH, lenta, etc.), espécie (animal, humana, análoga a insulina5 humana) e/ou método de fabricação (insulina5 derivada de ADN recombinante versus animal) podem resultar na necessidade de uma mudança na dose prescrita de Humalog Mix25.

O consumo de bebidas alcóolicas pode causar hipoglicemia1 em usuários de insulina5.

Este medicamento não deve ser usado por mulheres grávidas ou amamentando, sem orientação médica.

Informe o médico ou cirurgião-dentista o aparecimento de reações indesejáveis.

Informe o seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico; pode ser perigoso para a sua saúde6.

PRECAUÇÕES A dose usual de Humalog Mix25 pode ser afetada por alterações na alimentação, atividade ou esquema de trabalho. Siga cuidadosamente as instruções médicas para adequar-se a essas mudanças. Os fatores a seguir também podem afetar a dose de Humalog Mix25 são:

Doença: principalmente náusea7 e vômito8 podem causar mudança na necessidade de insulina5. Mesmo se você não comer, você ainda vai precisar de insulina5. Você e seu médico devem estabelecer um plano para os dias em que estiver doente. Quando você estiver se sentindo mal, teste sua glicose2 no sangue3/urina9 e cetonas freqüentemente e procure seu médico como orientado.

Gravidez10: O bom controle do diabetes11 é especialmente importante para você e seu bebê. A gravidez10 pode tornar o controle do diabetes11 mais difícil. Se você está planejando ter um bebê, está grávida ou está amamentando, consulte o seu médico. Humalog Mix25 não foi testado em mulheres grávidas ou amamentando.

Uso em idosos: em geral, a escolha da dose para pacientes12 idosos deve considerada por causa da grande frequência de diminuição da função hepática13, renal14 ou cardíaca, de doenças conjuntas ou de outro tipo de terapia medicamentosa nestes pacientes.

Uso em pacientes com insuficiência renal15 e hepática13 : na presença de insuficiência renal15 ou hepática13, as necessidade de insulina5 podem diminuir.

Mudança nas atividades ou na dieta : um ajuste na dose pode ser necessária se os pacientes aumentarem sua atividade física ou mudarem a dieta usual.

Exercícios: exercícios podem diminuir a necessidade de insulina5 durante e algum tempo após a atividade física. Exercícios podem também acelerar o efeito de uma dose de Humalog Mix25, especialmente se o exercício envolve a área do local da injeção16. Converse com seu médico sobre como você deve ajustar seu regime de dose para acomodar os exercícios.

Medicamentos: alguns medicamentos podem interferir na necessidade de insulina5 (ver "Riscos do medicamento"). Converse com seu médico a respeito disto.

Viagem: pessoas viajando para locais com diferença de mais de 2 fusos-horários devem consultar seu médico a respeito dos ajustes do esquema de insulina5.

Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Não use o medicamento com o prazo de validade vencido. Antes de usar, observe o aspecto do medicamento.

Não use qualquer outro tipo de insulina5 sem a orientação médica.

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS
As necessidades de insulina5 podem ser alteradas pelo uso de outros medicamentos junto com a insulina5, como: anticoncepcionais orais, corticosteróides, terapia de reposição tiroideana, hipoglicemiantes orais17, salicilatos, antibióticos do tipo sulfa e antidepressivos inibidores da monoaminoxidase18 (IMAO19).

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Hipoglicemia: Condição que ocorre quando há uma queda excessiva nos níveis de glicose, freqüentemente abaixo de 70 mg/dL, com aparecimento rápido de sintomas. Os sinais de hipoglicemia são: fome, fadiga, tremores, tontura, taquicardia, sudorese, palidez, pele fria e úmida, visão turva e confusão mental. Se não for tratada, pode levar ao coma. É tratada com o consumo de alimentos ricos em carboidratos como pastilhas ou sucos com glicose. Pode também ser tratada com uma injeção de glucagon caso a pessoa esteja inconsciente ou incapaz de engolir. Também chamada de reação à insulina.
2 Glicose: Uma das formas mais simples de açúcar.
3 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
4 Insulina Lispro: Insulina de ação rápida. Inicia sua ação após cinco minutos da aplicação. Tem efeito máximo em 30 minutos a uma hora após injeção, mas continua a agir por três horas após aplicação.
5 Insulina: Hormônio que ajuda o organismo a usar glicose como energia. As células-beta do pâncreas produzem insulina. Quando o organismo não pode produzir insulna em quantidade suficiente, ela é usada por injeções ou bomba de insulina.
6 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
7 Náusea: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc.
8 Vômito: É a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Pode ser classificado como: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
9 Urina: Resíduo líquido produzido pela filtração renal no organismo, estocado na bexiga e expelido pelo ato de urinar.
10 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
11 Diabetes: Nome que designa um grupo de doenças caracterizadas por diurese excessiva. A mais frequente é o Diabetes mellitus, ainda que existam outras variantes (Diabetes insipidus) de doença nas quais o transtorno primário é a incapacidade dos rins de concentrar a urina.
12 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
13 Hepática: Relativa a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.
14 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.
15 Insuficiência renal: Condição crônica na qual o corpo retém líquido e excretas pois os rins não são mais capazes de trabalhar apropriadamente. Uma pessoa com insuficiência renal necessita de diálise ou transplante renal.
16 Injeção: Infiltração de medicação ou nutrientes líquidos no corpo através de uma agulha e seringa.
17 Hipoglicemiantes orais: Medicamentos usados por via oral em pessoas com diabetes tipo 2 para manter os níves de glicose próximos ao normal. As classes de hipoglicemiantes são: inibidores da alfaglicosidase, biguanidas, derivados da fenilalanina, meglitinides, sulfoniluréias e thiazolidinediones.
18 Inibidores da monoaminoxidase: Tipo de antidepressivo que inibe a enzima monoaminoxidase (ou MAO), hoje usado geralmente como droga de terceira linha para a depressão devido às restrições dietéticas e ao uso de certos medicamentos que seu uso impõe. Deve ser considerada droga de primeira escolha no tratamento da depressão atípica (com sensibilidade à rejeição) ou agente útil no distúrbio do pânico e na depressão refratária. Pode causar hipotensão ortostática e efeitos simpaticomiméticos tais como taquicardia, suores e tremores. Náusea, insônia (associada à intensa sonolência à tarde) e disfunção sexual são comuns. Os efeitos sobre o sistema nervoso central incluem agitação e psicoses tóxicas. O término da terapia com inibidores da MAO pode estar associado à ansiedade, agitação, desaceleração cognitiva e dor de cabeça, por isso sua retirada deve ser muito gradual e orientada por um médico psiquiatra.
19 IMAO: Tipo de antidepressivo que inibe a enzima monoaminoxidase (ou MAO), hoje usado geralmente como droga de terceira linha para a depressão devido às restrições dietéticas e ao uso de certos medicamentos que seu uso impõe. Deve ser considerada droga de primeira escolha no tratamento da depressão atípica (com sensibilidade à rejeição) ou agente útil no distúrbio do pânico e na depressão refratária. Pode causar hipotensão ortostática e efeitos simpaticomiméticos tais como taquicardia, suores e tremores. Náusea, insônia (associada à intensa sonolência à tarde) e disfunção sexual são comuns. Os efeitos sobre o sistema nervoso central incluem agitação e psicoses tóxicas. O término da terapia com inibidores da MAO pode estar associado à ansiedade, agitação, desaceleração cognitiva e dor de cabeça, por isso sua retirada deve ser muito gradual e orientada por um médico psiquiatra.

Tem alguma dúvida sobre QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO HUMALOG MIX25?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.