RESULTADOS DE EFICÁCIA DONAREN RETARD

Atualizado em 28/05/2016

Trezentos e quarenta e sete pacientes com depressão foram recrutados para o estudo. Pacientes foram randomicamente destinados a receber um comprimido de trazodona de liberação controlada (150 mg) a noite ou um comprimido de trazodona padrão (150 mg) a noite por um período de seis semanas. Avaliação da eficácia, tolerabilidade e complacência foram feitos no início do estudo e depois de 1,2,4 e 6 semanas de medicação do estudo.
Setenta e sete pacientes retiraram-se do estudo dos quais 44 do grupo da trazodona padrão e 33 eram do grupo da trazodona de liberação controlada. Não houve nenhuma diferença estatisticamente significante entre os grupos de tratamento em nenhuma das medidas de eficácia. Maiores progressos nas condições dos pacientes foram mostrados em todas as medidas de eficácia no final do estudo em comparação com o início do estudo. As diferenças no tratamento foram pequenas mas foram numericamente a favor do grupo de liberação controlada.
Como esperado, uma grande proporção de efeitos colaterais1 foram relatados durante as primeiras duas semanas de tratamento em ambos os grupos. As diferenças no tratamento, revelaram cinco sintomas2 da lista de checagem de eventos adversos usada durante do estudo, foram pequenas, e embora favoreceram na maioria dos casos, o grupo de liberação controlada, eles não foram
estatisticamente significante.
A trazodona mostrou ser efetiva na depressão e na angústia e sintomatologia depressiva. Como comparado
com antidepressivos com um efeito definido na inibição psicomotora3, a trazodona mostrou ser mais efetiva nos parâmetros de inquietação/ansiedade.
Nenhuma diferença significante estatisticamente na eficácia e segurança foram comprovadas entre a trazodona convencional versus a trazodona de liberação controlada, embora um perfil de melhor segurança na formulação de liberação controlada foi relatada, especialmente nos primeiros dias de administração.
A eficácia da trazodona é melhorada quando a dosagem diária é ajustada em relação a severidade da depressão.
As doses sugeridas são: 75-150 mg/dia para ser administrada em uma dose única à noite antes de deitar; a dose pode ser aumentada para 300 mg/dia dividida em duas administrações; em pacientes hospitalizados a dose pode ser aumentada para 600 mg/dia em doses divididas.
Em conclusão, os dados disponíveis indicaram que a trazodona é efetiva quando dada em uma dose única ao deitar ou em doses diárias repetidas, de acordo com a severidade da depressão.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Efeitos colaterais: 1. Ação não esperada de um medicamento. Ou seja, significa a ação sobre alguma parte do organismo diferente daquela que precisa ser tratada pelo medicamento. 2. Possível reação que pode ocorrer durante o uso do medicamento, podendo ser benéfica ou maléfica.
2 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
3 Psicomotora: Própria ou referente a qualquer resposta que envolva aspectos motores e psíquicos, tais como os movimentos corporais governados pela mente.

Tem alguma dúvida sobre RESULTADOS DE EFICÁCIA DONAREN RETARD?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.