GERAIS INVIRASE

Atualizado em 25/05/2016

Não foi estabelecido o perfil de segurança de Invirase (Saquinavir) em pacientes menores de 16 anos.

Se ocorrer efeito tóxico sério ou grave durante o tratamento com Invirase (Saquinavir), este deve ser interrompido até que seja identificada a etiologia1 do evento ou a toxicidade2 tenha sido resolvida. Neste momento, deve ser considerada a retomada do tratamento com a dose total de Invirase (Saquinavir). Quanto aos análogos de nucleosídeos utilizados na associação com Invirase (Saquinavir), os clínicos deverão consultar as monografias completas desses medicamentos para seguirem as recomendações relativas aos ajustes de doses e para as informações referentes às reações adversas associadas a esses medicamentos.

Devem ser tomadas precauções ao administrar Invirase (Saquinavir) a pacientes com insuficiência hepática3, uma vez que pacientes com testes basais de função hepática4 acima de 5 vezes o limite superior de normalidade não foram incluídos nos estudos clínicos.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Etiologia: 1. Ramo do conhecimento cujo objeto é a pesquisa e a determinação das causas e origens de um determinado fenômeno. 2. Estudo das causas das doenças.
2 Toxicidade: Capacidade de uma substância produzir efeitos prejudiciais ao organismo vivo.
3 Insuficiência hepática: Deterioração grave da função hepática. Pode ser decorrente de hepatite viral, cirrose e hepatopatia alcoólica (lesão hepática devido ao consumo de álcool) ou medicamentosa (causada por medicamentos como, por exemplo, o acetaminofeno). Para que uma insuficiência hepática ocorra, deve haver uma lesão de grande porção do fígado.
4 Hepática: Relativa a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.

Tem alguma dúvida sobre GERAIS INVIRASE?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.