DISTRIBUIÇÃO VISUDYNE

Atualizado em 28/05/2016

O perfil farmacocinético do VISUDYNE é simples e previsível. A Cmáx após infusão deVerteporfina, 6 e 12 mg/ m2 área de superfície corporal, durante 10 minutos, é
aproximadamente de 1,5 e 3,5 µg/ml, respectivamente. Estes valores são um pouco mais
elevados ( 26% para a dose proposta de 6 mg/ m2 ) do que os que foram observados em
voluntários jovens e saudáveis, e podem resultar numa exposição aumentada. A
relevância clínica desta diferença relacionada com a idade é remota, uma vez que a
avaliação risco/benefício determinada na população - alvo é favorável. Por cada dose
de Verteporfina administrada, observaram-se variações interindividuais de ordens de
grandeza 2 vezes no máximo, entre a Cmáx plasmática (imediatamente após o fim da
infusão) e a concentração plasmática no momento da exposição à radiação.
Os valores de Cmáx e AUC para os dois regioisômeros foram proporcionais à dose. No
final da infusão, os valores de Cmáx obtidos para o regioisômero BPD- MAD foram
superiores aos obtidos para o regioisômero BPD- MAC. Os valores médios do tempo de
meia-vida variaram entre 6-7 horas para o BPD- MAC, e entre 4-6 horas para o BPD-
MAD. O volume de distribuição foi de 0,5 L/kg.
O tempo médio de meia-vida para o regioisômero BPD- MAD em indivíduos com
insuficiência hepática1 moderada foi cerca de 6,5 horas, enquanto que em indivíduos
saudáveis foi de 4,7 horas. Os valores médios de AUC para indivíduos com
insuficiência hepática1 moderada foram até 1,4 vezes superiores aos registados em
indivíduos com função hepática2 normal. Esta diferença não é clinicamente relevante, e
não requer um ajuste da dose para indivíduos com insuficiência hepática1 moderada.
Apesar de uma injeção3 de Verteporfina em bolus4 ser bem tolerada, a distribuição do
fármaco5 pode ser alterada, o que pode determinar o não aproveitamento da totalidade
dos benefícios do tratamento com o laser.
As células6 que captam maior quantidade de Verteporfina (células6 neoplásicas7) também
retêm maior quantidade de fármaco5. Verificou-se que a Verteporfina retida é
fotodinamicamente ativa. Os estudos de biodistribuição recorrendo a angiografia8,
realizados em olhos9 de primatas, mostraram que a Verteporfina foi captada pelos
neovasos da coróide de forma rápida e seletiva e, em menor extensão, pelo epitélio10
pigmentado da retina11. Outras estruturas oculares retiveram pequenas quantidades de
Verteporfina.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Insuficiência hepática: Deterioração grave da função hepática. Pode ser decorrente de hepatite viral, cirrose e hepatopatia alcoólica (lesão hepática devido ao consumo de álcool) ou medicamentosa (causada por medicamentos como, por exemplo, o acetaminofeno). Para que uma insuficiência hepática ocorra, deve haver uma lesão de grande porção do fígado.
2 Hepática: Relativa a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.
3 Injeção: Infiltração de medicação ou nutrientes líquidos no corpo através de uma agulha e seringa.
4 Bolus: Uma quantidade extra de insulina usada para reduzir um aumento inesperado da glicemia, freqüentemente relacionada a uma refeição rápida.
5 Fármaco: Qualquer produto ou preparado farmacêutico; medicamento.
6 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
7 Neoplásicas: Que apresentam neoplasias, ou seja, que apresentam processo patológico que resulta no desenvolvimento de neoplasma ou tumor. Um neoplasma é uma neoformação de crescimento anormal, incontrolado e progressivo de tecido, mediante proliferação celular.
8 Angiografia: Método diagnóstico que, através do uso de uma substância de contraste, permite observar a morfologia dos vasos sangüíneos. O contraste é injetado dentro do vaso sangüíneo e o trajeto deste é acompanhado através de radiografias seriadas da área a ser estudada.
9 Olhos:
10 Epitélio: Epitélio ou tecido epitelial é um tecido constituído por células justapostas, ou seja, intimamente unidas entre si. Sua principal função é revestir a superfície externa do corpo, os órgãos e as cavidades corporais internas. Os epitélios são eficientes barreiras contra a entrada de agentes invasores e a perda de líquidos corporais. Eles têm também funções secretoras, sensoriais e de absorção. O tecido epitelial é um dos quatro tipos de tecidos básicos do nosso organismo, juntamente com os tecidos conjuntivo, muscular e nervoso.
11 Retina: Parte do olho responsável pela formação de imagens. É como uma tela onde se projetam as imagens: retém as imagens e as traduz para o cérebro através de impulsos elétricos enviados pelo nervo óptico. Possui duas partes: a retina periférica e a mácula.

Tem alguma dvida sobre DISTRIBUIÇÃO VISUDYNE?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta ser enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dvidas j respondidas.