TOXICIDADE OCULAR VISUDYNE

Atualizado em 28/05/2016

Foram realizados estudos de dose-resposta para avaliação dos efeitos da Verteporfina eda radiação nos olhos1 de coelhos e macacos normais. Foram registrados os níveis de
toxicidade2 ocular, particularmente na retina3/coroide4, relacionados com a dose de
fármaco5, dose de radiação, e tempo de exposição à radiação. Os estudos de toxicidade2
ao nível da retina3 realizados em cães saudáveis, para determinar os efeitos da
Verteporfina intravenosa, e da luz ambiente a nível ocular, mostraram não haver
toxicidade2 relacionada com o tratamento.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Complementos

1 Olhos:
2 Toxicidade: Capacidade de uma substância produzir efeitos prejudiciais ao organismo vivo.
3 Retina: Parte do olho responsável pela formação de imagens. É como uma tela onde se projetam as imagens: retém as imagens e as traduz para o cérebro através de impulsos elétricos enviados pelo nervo óptico. Possui duas partes: a retina periférica e a mácula.
4 Coroide: 1. Que se assemelha a qualquer membrana e especialmente ao cório. 2. Na oftalmologia, diz-se de ou membrana que envolve o olho, situada entre a esclera e a retina.
5 Fármaco: Qualquer produto ou preparado farmacêutico; medicamento.

Tem alguma dúvida sobre TOXICIDADE OCULAR VISUDYNE?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.