CARCINOGENICIDADE XARELTO

Atualizado em 27/04/2017

A rivaroxabana foi testada com doses de até 60 mg/kg/dia, atingindo níveis de exposição similares aos seres humanos (camundongo) ou até 3,6 vezes maiores (ratos) do que nos seres humanos.

A rivaroxabana não apresentou potencial carcinogênico em ratos e camundongos.

Antes de consumir qualquer medicamento, consulte seu médico (http://www.catalogo.med.br).

Tem alguma dúvida sobre CARCINOGENICIDADE XARELTO?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.